sábado, 14 de setembro de 2013

Ilhas Canárias

E acabou-se as férias, acabou-se o verão. A Bélgica nos recebeu de volta no fim de semana passada com uma chuvinha chata que está por ai até hoje sem data pra ir embora. É, foi bom enquanto durou, mas o verão acabou. E esse ano não podemos reclamar, porque demorou pra chegar mas chegou matando! Muitos dias de sol, pouca chuva, calor moderado (sim, aqui também tem dias de calor escaldante e não me pergunte porque, é insuportável, pior que dias de muito calor no Brasil).
A última do nosso verão foi uma viagem maravilhosa de uma semana para as Ilhas Canárias, foi meio que pra comemorar meu aniversário, aniversário de namoro, dias de férias acumulados... O aquipélago das Ilhas Canárias fica na costa africana perto de Marrocos mas pertene legalmente à Espanha. É m conjunto de ilhas vulcânicas, o que me assustou um pouco já la de cima, no avião. Nada de verde, é tudo bem cinza, pedra mesmo, o que me deu um certo desanimo já antes de aterrissar. Ledo engano, ainda bem! A natureza é exuberante, muitos cactus e quando há água, muitas árvores. O solo de terreno vulcânico é sempre muito fértil mas chove muito pouco por lá, por isso agricultura é dificil, quase não existem rios perenes. E a fauna, lagartos gigantes! Adoooro! Também me avisaram das baratas, mas tive a sorte de não cruzar com nenhuma.
O arquipélago é composto por sete ilhas e nós fomos para Gran Canária, cuja capital é Las Palmas. Fomos visitar os tios do Pascal que moram lá desde 2009 no sul da ilha, próximo a Maspalomas. Agora entendi porque eles venderam tudo aqui na Bélgica pra se mudar pra lá de mala e cuia, que vida boa!
Praias lindas, gente simpática, comida muito parecida com a do Brasil, frutos do mar fresquinhos todo dia, a vista daquele mar maravilhoso não importa onde você esteja. E teve praia todo dia, sorvete de macadâmia todo dia, paella quase todo dia, Zara e Mango custando quase metade do que custam por aqui. Ainda bem que segui a dica de ir de mala vazia porque precisei do espaço pra trazer novos casacos de inverno, blazer, vestido... Sem contar as compras de comida, né? Porque aqueles camarões marvilhosos não dava pra trazer, mas presunto serrano, farinha de centeio, feijão, isso eu trouxe! hahaha.. A comida canária se parece muito com a brasileira, muito alho, cebola, arroz, feijão, salada de maionese... Sem contar o formato das casas, o barulho das ruas... É uma casa latina, com certeza.
Teve a gente tentando aprender stand up paddle e windsurf. Pascal foi mais persistente, eu desisti logo no primeiro tombo e fiquei lá feliz da vida torrando no sol topless, tô preeeeeeta que só vendo!

Um sonho: ter essa cor o ano inteiro

Arrasando no stand up paddle! #sqn
Vai amor!
E a experiência do topless mereceria um capitulo a parte, porque era uma coisa que eu queria fazer desde que cheguei aqui. Que atire a primeira pedra a brasileira que não arregalou os olhos a primeira vez que viu todo mundo de peitão de fora nas praias por aqui. Bobagem, ainda mais pelos motivos que a gente escolhe não fazer. A mulhereda quase toda vai na praia topless e a maioria não é nenhuma modelo, bem longe disso. Além do mais não tem o assédio dos homens te comendo com os olhos ou dos maridos reclamando que você não pode fazer isso, pelo contrário, Pascal adorou a ideia! No primeiro dia eu fiquei tímida, só deitada de bruços. No segundo dia já dava uma viradinha pra conversar com a galera e depois já tava indo nadar, caminhar, só colocava o biquini até chegar na praia mesmo! hahaha... Sei que parece uma coisa boba, mas é uma sensação de liberdade tão grande, pelo simples fato físico mas também pelo psicológico, experiência aprovada.
Mas a foto é comportada
Teve visita ao Jardim Canario que é o jardim botânico de Gran Canaria, liiindo!



E por último teve a comemoração do meu aniversário já que todo ano Pascal faz uma fofura. Eles inventaram toda uma história de ir na prefeitura a não sei que horas da manhã pra me tirar da cama e me levar pra Maspalomas. E eu toda boba fui, fiquei observando a cidade, o povo, nem me toquei que a gente estava entrando num hotel maravilhoso com um spa lindo. Quando já estavamos lá descobri que era meu presente e a gente ia ficar o dia todo pra fazer o spa experience. Foi maravilhoso, tudo muito lindo e bem feito! As fotos são todas da internet porque não é permitido fotografar, o que é ótimo porque dai o foco é só relaxamamento. É um complexo de salas com várias técnicas de relaxamento, desde colchões d'água até piscina de flutuação. Também teve sessão descarrego de energias na sala de sal do Himalaia, banho turco, sauna seca, choque térmico no igloo, que é um igloo de verdade mesmo, todo feito de gelo e esperam que você fique lá dentro... Aham, Cláudia. Também teve banho de temperaturas pra ativar a circulação, piscinas de água quente e fria praticamente juntas (claro que eu também pulei a piscina fria porque de frio já me basta aqui) e aromaterapia que foi uma delícia, uma sala que imitava uma floresta com árvores, brisa e tudo, tirei um super cochilo!

Eu de biquini no igloo, cê jura?


Sala de Sal do Himalaia
A próxima etapa foi almoçar no deck do hotel, tipo, de roupão e tudo, e eu juro que já tava tão relax que senti a perna bamba pra subir a escada. Almocei uma salada pra não cair ainda mais no sono mas não teve jeito, era a hora da sessão de massagem. Gente, queria levar aquele homem pra casa, que mãos maravilhosas! No começo eu achei meio estranho porque afinal a gente tem que ficar peladona e eu não imaginava como alguém conseguiria dormir com outra pessoa te apertando e tals. Pois foi só a conta de virar na cama e apaguei, Pascal diz que eu até ronquei... hahaha... Só acordei 1 hora depois quando o cara já tava tipo: filha, vaza daqui que eu tenho mais clientes! hahaha.. Foi muito bom, a gente se divertiu e descansou bastante.

Ainda teve passadinha na outlet mas não dei sorte. Vários tenis de corrida a preço de banana e nenhum me servia, Ray Bans pela metade do preço e nenhum que me agradou também. Pascal que se esbaldou, voltou com tênis, óculos, cuecas, etc... Tá bom, né, também não se pode ter tudo, mas nessas férias foi bem perto!

3 comentários:


  1. Li os seus posts sobre sua dieta, vi suas fotos depois da dieta e ficou linda. Está certa de arrasar no topless, e agora estou com vontade de conhecer as Ilhas Canárias :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito lindo NBA você vai adorar! Deu uma diferença boa depois da dieta, né? agora é manter! :D

      Excluir
  2. Lindas as fotos! Coincidentemente também tive a minha primeira experiência com topless na praia nas férias deste ano, na Croácia. Fiquei como você no início, meio tímida, mas no segundo dia a coisa flui bem naturalmente :)

    ResponderExcluir

Pin It button on image hover